Pular para o conteúdo principal

Combater a mudança climática

Combater os efeitos das mudanças climáticas é uma prioridade absoluta para a SUEZ.
Em seu RoadMap para o Desenvolvimento Sustentável 2017-2021, o Grupo definiu 13 objetivos
para o clima

Desafios

Atuar para o clima

As soluções da SUEZ para combater a mudança climática perseguem os esforços feitos pela SUEZ para reduzir sua marca de carbono, adaptar-se aos efeitos do aquecimento global em seu gerenciamento de água, melhorar a reciclagem e valorização dos resíduos promovendo sua reutilização e implementar novos modelos econômicos sustentáveis que respeitem o clima.

O que é mudança climática

As mudanças climáticas resultam de um aumento nas temperaturas da maioria dos oceanos e da atmosfera terrestre. A água já é a área mais afetada:

 

  • 40% da população mundial viverá em regiões com estresse hídrico até 2035 (fonte: ONU)
  • redução de 40% das reservas de água até 2030 em comparação com os níveis atuais (fonte: Banco Mundial)
Atenuação

Mitigar as causas das mudanças climáticas e contribuir para o objetivo dos “2ºC”

A SUEZ está alinhado com os acordos de Paris de 2017 para o clima cujo objetivo definitivo é manter o aumento da temperatura média global abaixo de « 2ºC ». O Grupo está comprometido com a limitação em suas atividades de sua marca de carbono, em todos os países onde tem presença. Este compromisso com objetivos definidos de redução de GEE é concretizado em ações, por exemplo, de valorização de biogás, em uma política de veículos a energia renovável, ou em uma melhoria da eficiência energética de nossas plantas ou locais.  A SUEZ também está empenhada em apoiar seus clientes industriais e públicos na redução de GEE graças a soluções que promovam a economia circular e a recuperação de resíduos plásticos, um grande desafio econômico e ambiental.

Objetivos:

  • Reduzir em 10% as emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa GEE em 2021 (30% em 2030)
  • Ajudar nossos clientes a evitar 60 milhões de toneladas de GEE até 2021
  • Dobrar os volumes de plástico reciclado
  • Aumentar a produção de energia renovável em 10%
Biofactoria
Em uma planta depuradora de santiago do chile, as seções de deslocamento (retirada de amostras, revisão operacional ou manutenção) são feitas com um veículo 100% elétrico, no qual possui um painel solar localizado em sua seção

Adaptação

Adaptar-se aos efeitos das mudanças climáticas no gerenciamento de água

Até 2035, 40% da população mundial viverá em regiões com estresse hídrico, se nada for feito para preservar recursos hídricos vitais. Esta é uma das principais consequências das mudanças climáticas. A SUEZ oferece soluções para melhorar o gerenciamento de água, evitando vazamentos, otimizando o consumo e produzindo fontes alternativas de água (reutilização de águas residuais, dessalinização).

Objetivos:

  • Oferecer sistematicamente planos para aumentar a resiliência dos clientes aos efeitos das mudanças climáticas
  • Promover diversos usos de água triplicando a disponibilidade de fontes de água alternativas até 2030
  • Salvar o equivalente na quantidade de água consumida por uma cidade de 2 milhões de habitantes até 2020
Valorización

Favorecer a valorização de matérias e sua reutilização

A SUEZ mobilizou todos os seus colaboradores na Revolução dos Recursos: as atividades do grupo que contribuem para a economia circular são um dos nossos instrumentos mais eficazes para realizar esta Revolução dos Recursos.

 

A economia circular permite, de fato, desacoplar o crescimento do consumo de recursos naturais, ao mesmo tempo em que reduz as emissões de GEE: o Grupo retorna seu objetivo aumentar a proporção de resíduos transformados em matéria-prima secundária e estende ao perímetro mundial.

Objetivos:

  • Aumentar a produção de matérias-primas secundárias em 20 %
  • Alcançar a proporção de 2 toneladas de resíduos destinados a ser valorizados para uma tonelada de resíduos destinados a ser eliminados
Co-construção

Construir modelos com controle climático

Para ser sustentável, a mitigação das emissões da GEE e a preservação dos recursos deve basear-se em novos modelos econômicos e sociais que diminuem o crescimento e o consumo de recursos. O design desses novos modelos envolve ação coletiva baseada na abertura, experimentação, convergência de conhecimento e educação.

Objetivos :

  • Introduzir um preço diretivo do carbono em 60% da quantia anual dos gastos em nossos novos projetos
  • Implementar um indicador harmonizado pela circularidade global para os produtos e serviços
  • Sistematizar a proposta de uma remuneração parcialmente indexada sobre nossa eficiência global
  • Sensibilizar e formar nossos colaboradores aos Modelos de Negócios emergentes (contabilidade carbono, novos modelos de governança…)
Palavras mais buscadas
INÍCIO