Grupo
|América do Sul

Semana da América Latina e Caribe na França: SUEZ desenvolve novas atividades e assinou cinco contratos na região

Aproveitando a Semana da América Latina e Caribe na França, a SUEZ anuncia a assinatura de cinco contratos no Chile, México e Brasil.

Estes contratos contribuem com o desenvolvimento dinâmico das novas atividades do Grupo na América Latina e Caribe, região na qual SUEZ celebra seu 80º aniversário. Hoje em dia, o Grupo gera 6% de seu faturamento global na região e contam-se mais que 6.600 empregados em 9 países principais, incluindo Chile, México e Brasil. Especialista na gestão da água e contribuindo para satisfazer as necessidades essenciais da região em termos de acesso a água e saneamento, o Grupo também está se expandindo para novos mercados como as cidades inteligentes, a agricultura e a indústria.

  • Em São Paulo, uma mega-cidade com mais de 20 milhões de habitantes, o nível atual de eficiência das redes de distribuição da água provoca perdas de água e descontinuidade do serviço. Há pouco tempo a SABESP, empresa pública responsável pela administração da água de São Paulo, adjudicou a SUEZ com um contrato de redução de perdas nas redes de água em um bairro da Zona Leste da cidade. Este contrato prevê a melhoria da eficiência hídrica e energética por meio da modernização, ampliação e implementação de serviços novos: administração para micro-setores.
  • No centro do México, o Grupo assinou um contrato com a cidade de Querétaro por um valor de 2,3 milhão de euros. É um contrato de instalação do sistema Aquacis para uma administração técnica e comercial dos serviços de gestão da água. Desenvolvida pela SUEZ, o Advanced Solutions é uma solução usada na Espanha, Argélia e Chile.
  • Primeira cidade da região tratando 100% de suas águas residuais, Santiago do Chile vai mais adiante em termos de economia circular. O Grupo SUEZ apoia estas dinâmicas e moderniza as infra-estruturas das plantas de tratamento de águas residuais de Mapocho-Trebal e Farfana. A SUEZ, pela participação em Águas andinas, concesionaria que gestiona o ciclo integral da água para os 7 milhões de habitantes, está levando a cabo o programa Biofactorías. Com um investimento inicial de 50 milhões de euros, estas duas plantas depuradoras se transformarão em plantas 100% autossustentáveis energicamente, produzindo gás por reinjeção na rede urbana de gás, também produzirão produtos de compostagem para os agricultores e desenvolverão um programa de emprendimento social.

Novos serviços para uma gestão otimizada dos recursos no setor agrícola e industrial


A América Latina representa 24% da terra cultivável do mundo e contribui com 11% da produção mundial agrícola. A SUEZ, com suas soluções tecnológicas, apoia os agricultores na otimização de seu consumo de água e na provisão de água de qualidade em quantidade suficiente: telemetria, detecção de perdas, adaptação do consumo para as condições climáticas, reutilização de águas domésticas residuais ou dessalinização para irrigação agrícola.

  • No Chile, o Grupo está posicionado neste mercado e no mês de maio assinou um contrato de serviços de hidrologia para realizar a inspeção técnica do trabalho de construção de poços para uma companhia agrícola especializa em plantação de nozes, amendoas e ameixas, da região Alhué, Município de Melipilla.
  • SUEZ também está presente no mercado industrial, ajudando os agricultores na gestão de seus recursos hídricos, especialmente nos setores de Petróleo e gás no Brasil e no setor mineiro no Peru e no Chile. O Grupo também renovou no mês de abril, um contrato para a operação e manutenção das instalações do sistema de água de uma companhia cuprífera localizada na Região de O'Higgins, área central de Chile, para um montante de 13 milhão de euros. A recente aquisição de GE Water permite ao Grupo SUEZ oferecer ainda mais soluções aos clientes ndustriais (duas plantas de produção de equipamentos, em torno de 770 colaboradores) na América Latina, onde as indústrias consomem 11% dos recursos hídricos disponíveis.
Nesta região, que representa um 1/3 da água doce no mundo, e aproximadamente 635 milhões de pessoas, mais de 34 milhões delas faltam acesso a uma fonte de água potável e para mais de 106 milhões delas faltam acesso a serviços de saneamento. Mais de 200 milhões de pessoas enfrentam serviços intermitentes ou descontínuos (24 horas por dia, 7 dias por semana) de água. Neste contexto, SUEZ propõe soluções tecnológicas ou contratuais em formatos diferentes de Aliança Público-privada para satisfazer as necessidades essenciais de acesso à água e saneamento. Com mais de 550 plantas de tratamento de água construídas e 4 concessões de gestão do ciclo integral da água das quais 2 na Colômbia em Palmira e Cartagena, o Grupo tem referências históricas em concessões, infra-estruturas e serviços de gestão da água. Com estes 5 contratos novos, o Grupo confirma sua ambição de oferecer todas suas soluções e experiência a favor da economia circular, para as megacidades, os agricultores e aos clientes industriais da América Latina.