Grupo
|América do Sul

SUEZ participa de debate sobre o desafio da sustentabilidade da água

Federico Lagreca, diretor de Desenvolvimento de Negócios da SUEZ Brasil, defendeu a reutilização da água como forma de contribuir para a economia de recursos hídricos

Os desafios e compromissos do setor privado com a sustentabilidade da água no planeta foram discutidos esta tarde no Rumo à Brasília 2018, evento preparatório do 8º Fórum Mundial da Água,
que ocorrerá em Brasília, em março.

Mediado por Renato Remos da DOW, o debate contou com a participação de Federico Lagreca, diretor de Desenvolvimento de Negócios da SUEZ Brasil , Pedro Fiorelli, diretor de Relações Institucionais e Sustentabilidade BRK, e Carla Crippa, diretora de Sustentabilidade da Ambev.

“A SUEZ tem uma ampla gama de soluções, mas os últimos anos tem atuado no setor industrial por falta de regras claras para a prestação de serviços públicos de água e esgoto”, informou Federico Lagreca, da SUEZ. “Agora o grupo volta a se interessar pelo mercado público, hoje temos trabalhado na gestão de perdas de água potável para outras empresas, como a Sabesp.“

Para o diretor da SUEZ, o setor precisa de muito investimento para cobrir os déficits do saneamento básico do país: “Por isso a questão do financiamento é muito importante.” Lagreca diz que o Fórum Mundial da Água vem ajudar a tomada de consciência sobre a necessidade de preservar os recursos hídricos: “É necessário deixar de pensar linearmente, temos que pensar os
recursos de forma circular, além preservar as matrizes, temos de reutilizar a água e os recursos”.

Todos os participantes da mesa concordaram que o Fórum 2018 tem que ampliar a consciência da população sobre a finitude do recurso água e a necessidade de economizá-la. “Os governos e empresas precisam assumir compromissos para garantir o desenvolvimento sustentável do Brasil”, alertou Lagreca.