Desenvolvimento sustentável

Monterrey, no México, escolhe tecnologia da SUEZ para tratar lago de água residuais e abrir novos caminhos para recuperação de recursos

SUEZ efetiva maior encomenda da história de seu sistema de secadores por correia Evaporis* LT (baixa temperatura) em Monterrey, México. O secador fornecido para a Estação de Tratamento de Efluentes Dulces Nombres – o primeiro secador térmico de lodo do México – tratará até 405 toneladas de lodo todos os dias, evitando que este seja enviado a aterros e abrindo novos caminhos para a recuperação sustentável.

"Se quisermos aumentar a sustentabilidade das estações de tratamento de águas residuais, precisamos desviar o lodo dos aterros sanitários; o futuro está na recuperação de recursos a partir do lodo", disse Kharla Jovanka, Gerente de Águas Residuais dos Servicios de Agua y Drenaje de Monterrey (SADM). “Com o sistema de secadores SUEZ temos novos caminhos para o gerenciamento de lodo, transformando-o em um recurso valioso, incluindo fertilizantes de qualidade, novos materiais ou como energia.”

Bienes Ecológico (BIEECO), EPC para a unidade global de secagem, é um participante-chave em negócios sustentáveis no México, com experiência na integração de soluções para reduzir o impacto ambiental e reconhecida expertise em gerenciamento de resíduos, secagem térmica de lodo e energia renovável. "Os secadores SUEZ Evaporis LT são extremamente confiáveis, seguros e eficientes em termos de energia, tornando-os uma das opções mais econômicas e sustentáveis para o tratamento de lodo", disse Octavio Osorio, gerente de projetos da BIEECO. “Concluímos uma revisão completa do mercado de tecnologias de secagem que levou à seleção da solução Evaporis LT e estamos muito satisfeitos com os resultados de nossa cooperação, tanto do ponto de vista técnico quanto do relacionamento”.

A linha patenteada de secadores de correia Evaporis LT System da SUEZ utiliza-se de larga experiência em secagem térmica a baixas temperaturas usando calor residual de baixa intensidade ou outros combustíveis para secar sólidos residuais em um processo energeticamente eficiente. Para a instalação na Dulces Nombres, a SUEZ fabricou e forneceu dois secadores de correia de baixa temperatura Evaporis LT e também forneceu alguns acessórios principais, como caldeiras, torres de resfriamento, ultrafiltração (UF). O sistema foi projetado para tratar 405 toneladas de lodo por dia. Ele é projetado para recuperar energia do biogás para reduzir a quantidade de lodo em 70%, facilitando o transporte para locais onde este possa ser recuperado.

A SUEZ trabalhou em estreita colaboração com os engenheiros da Bienes Ecológicos (BIEECO) e com a operadora municipal da fábrica, Servicios de Agua y Drenaje de Monterrey (SADM). “Essa estreita colaboração se mostrou essencial para a entrega de um projeto de sucesso, complexo e ambicioso devido ao seu tamanho e primeira referência na área”. disse Diana Permuy, Gerente do Setor de Tecnologia de Secagem da SUEZ - Water Technologies & Solutions. “BIEECO e a SADM devem ser elogiados por este projeto, que abre caminho para novas iniciativas de recuperação de recursos, ao mesmo tempo em que enfrenta os desafios únicos dessa planta. Estamos orgulhosos por termos tido a oportunidade de trabalhar juntos”.

“Com 50 anos de presença no México, a SUEZ construiu um relacionamento com os municípios e indústrias, apoiando-os a atingir suas metas de água e resíduos e ajudando-os na construção e desenvolvimento de cidades inteligentes e sustentáveis, por meio de nossa experiência na geração de soluções inovadoras que permitem a preservação de recursos”.