Água
|América do Sul

PRONTOS PARA O FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

O maior evento sobre água do mundo, que começa hoje em Brasília e se estende até o dia 23 de março, foi precedido por eventos envolvendo a população em várias cidades

Hoje começa o 8º Fórum Mundial da Água. Mas a jornada da SUEZ à Brasília teve início há dois anos, participando ativamente de eventos e atividades que mobilizaram diversas partes interessadas a refletirem sobre os recursos hídricos. Os eventos aconteceram nas cidades brasileiras de Belém, Foz do Iguaçu, São Paulo, Salvador, além de Tijuana, no México, e Santiago do Chile.

O Fórum Mundial da Água é o maior evento do mundo sobre água e sendo sediado pela primeira vez no Hemisfério Sul, a jornada rumo à Brasília foi recheada de atividades que levaram informação a população latino-americana sobre a importância do acesso à água para o desenvolvimento socioambiental e para o futuro das próximas gerações. 

Em junho de 2016, demos início a jornada em Belém, no Pará, onde organizamos a expedição fotográfica Norte das Águas, liderada pelo fotógrafo americano Tyrone Turner, repórter da revista National Geographic, que teve como protagonistas cinco jovens em uma incursão pelos Estados do Amazonas e Pará com o objetivo de refletir, compreender e registrar suas visões sobre a água nos rios do Norte do Brasil. A expedição resultou na exposição Norte da Águas, nas Docas da Estação, em Belém que, além de mostrar registros da água no perímetro urbano e em seu estado intocado pelo homem, promoveu uma série de debates sobre governança, acesso à água e saneamento e adaptação às mudanças climáticas com moradores locais, gestores públicos, ONGs e especialistas.



Nos eventos que aconteceram ao longo desses dois anos, a SUEZ contribuiu efetivamente na proposição de conteúdos para as conferências, oficinas de arte e atividades voltadas para crianças e jovens estudantes da rede pública de ensino, manifestações artísticas e culturais. Nossos profissionais compartilharam o conhecimento do Grupo na otimização da gestão de recursos hídricos, participando de mesas de debates a respeito dos caminhos a serem trilhados e soluções para que a água seja acessível ao maior número de pessoas ao redor do mundo.

O Fórum Mundial da Água não é um fim em si, mas uma das etapas do trabalho de conscientizar, definir compromissos e dar início a ações que respondam aos desafios da água, esse recurso vital, mas exaurível.

Por isso, além dos especialistas do Grupo que participarão das sessões oficiais do Fórum, a SUEZ também recebe em seu estande na Expo ONGs de vários lugares do mundo para expor preocupações e experiências interessantes e inspiradoras.

 


Abaixo a programação da SUEZ no Fórum Mundial da Água 2018 :

Palavras-chave